Sem Deixar Rastros
Nesse romance de Myron Bolitar, ele é contratado para jogar novamente em um time grande de basquete com a simples missão de encontrar um antigo rival que está desaparecido e próximo ao dia de fechamento de um contrato publicitário milionário, além das finais do campeonato que dirão se os dirigentes continuarão com seus cargos ou serão modificados.

O interessante dos livros de Coben é ele conseguir sempre colocar um humor que dificilmente encontraremos em livros policiais, coisas que involuntariamente acabamos dando risada mesmo quando a cena é trágica, um bom exemplo desse humor é esse trecho:

- E o que você está fazendo aí parado, olhando para mim? Anda, examina logo esses peitos. (p. 98)

Pode parecer completamente sem sentido essa frase e até mesmo pornográfica, aí está a graça, existe nenhuma pornografia na cena e seria o tipo de coisa que nunca imaginaríamos que alguém falaria pela cena que está acontecendo.

Os personagens de todos os livros são muito bem construídos, ficando quase sempre na cara o tipo de pessoas e até mesmo imaginar o que elas seriam capazes de fazer. O "quase sempre" é porque muitas pessoas acabam fingindo, estando revoltadas ou qualquer outro sentimento, atrapalhando o nosso parecer sobre como deve ser a personalidade delas.

Uma das pessoas que chama mais atenção é Esperanza, a secretária de Bolitar que fica quase inevitável imaginar ela como a Lisbeth da série Millennium. Mas, ainda falta muito para ela realmente ser uma Lisbeth. É como se Esperanza fosse uma aprendiz, conseguindo descobrir quais os melhores modos de investigação e também conseguindo enxergar coisas que muitas vezes não foram pensadas antes pelo nosso detetive que sempre faz isso apenas por hobbie ou motivo pessoal.

Coben consegue formular tão bem os seus mistérios que fica praticamente impossível de primeira conseguirmos adivinhar o verdadeiro motivo de Greg ter sumido sem deixar rastros. Por diversos momentos temos quase certeza do que deve ter acontecido, de modo que culpamos cada hora um personagem e quase todos saiam como culpados do desaparecimento, mas a história sempre vem mostrar onde estamos enganados e que existe mais coisa para ser explicada.

Infelizmente o final acontece muito rápido, não dando muito tempo para refletir sobre a nossa opinião dos acontecimentos nas cenas. Mas pensando depois da leitura, chegamos a conclusão de que poderia ser muito melhor para todo o mistério que cercava o desaparecimento de Greg e também nos baseando pelo final de outros livros do autor.

Um dos pontos extremamente positivos que existe no livro Sem Deixar Rastros é o fato de serem explicados vários fatos sobre o passado na vida de Bolitar, fazendo com que compreendamos melhor as suas atitudes e porque também ele parou de jogar basquete, tendo diversos momentos de reflexão e o medo de encarar de frente as lembranças.

Recomendo o livro para todos que gostam de livros policiais, bons mistérios e histórias que se desenrolam de um modo surpreendente.

Os sonhos nunca morrem. Às vezes achamos que eles estão mortos, mas estão apenas hibernando como um urso velho. E quando a hibernação é muito longa, o urso acorda bravo e faminto. (p. 19)




2 comentários:

  1. mais um grande sucesso deste autor que eu gosto muito.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro esse autor, os livros dele são maravilhoso, principalmente Desaparecido! Acredita que até sua postagem eu nunca tinha visto uma foto do autor? kkkk
    tem postagem nova no blog
    espero sua visita e comentários
    bjinhus

    TÍTULOS DE LIVROS

    ResponderExcluir